A relação da fotografia com o tempo e as emoções

141
2min de leitura

Escrito por Eu Sem Fronteiras

Cada vez mais presente em nossa rotina diária, a arte de fotografar envolve aspectos que vão muito além de um simples clique, e você já saberá o porquê.

Com o advento da tecnologia, os retratos de pintura foram substituídos por algo muito mais prático e acessível a todas as camadas da sociedade, a arte de fotografar pelo celular. Simples assim, em questão de segundos tiramos as mais diversas fotos, seja de alimentos, paisagens, seja de nós mesmos.

E sabe o que há de comum em todos os retratos? Sem exceção, seja na pintura, seja na fotografia, você sabe o quê? Sim. Todos buscam registrar determinado momento, mas se formos analisar é encantador pensar que se trata da fragmentação do tempo, e isso ocorre quando resolvemos registrar algo, e daqui a 20, 30 anos estaremos retornando lembranças por meio de um simples retrato. Isso quer dizer que, por mais que estejamos em uma outra época, milênios à nossa frente, sempre aquele momento estará vivo, pois é como se o tempo fosse pausado, seria a forma mais prática de voltar a viver o que já se passou, de sentir novamente as emoções que te levaram a registrar aquele momento.

Sabe aquela sua viagem de férias que te deixou tão feliz? Pois então, vá e olhe as fotos que você provavelmente tirou, e agora experimente a sensação de reviver esse momento.

Essa é a grande questão, nós temos o poder de experimentar vários sentimentos, porque o tempo que está fragmentado sempre estará assim, simultaneamente entre todas as épocas deste Universo. Não necessariamente é preciso viver o momento que for registrado para senti-lo. Vá, experimente analisar a foto de algum amigo seu, ele sorri? O que está fazendo? Quais os sentimentos que desperta em você? Agora reflita sobre isso.

Vamos a um exemplo contrário, quantas imagens de tragédias vivenciamos em nosso dia a dia? Muitas, né? Esses retratos têm o poder de invocar sentimentos de angústia e medo por não poderem nos mostrar como seria o dia de amanhã. Mas ao mesmo tempo podem nos fazer sentir como se estivéssemos presentes lá.

Agora, entendendo o poder que a fotografia tem, aliada aos sentimentos e, principalmente, ao tempo, não deixe de agregar qualquer sentimento bom que uma fotografia possa lhe trazer, lembre-se de que essa alegria não será momentânea, basta você registrá-la para que possa senti-la quando quiser. Você é quem decide o que irá absorver e o que perpetuar de emoções para que assim futuramente possa experimentar essas mesmas emoções, e outras pessoas também, criando assim um ciclo permanente de boas vibrações.

https://www.eusemfronteiras.com.br/a-relacao-da-fotografia-com-o-tempo-e-as-emocoes/

#newborn #maternidadereal #memórias #recém-nascido #emoçõespositivas #passado #presente #futuro #maedemenino #mundoazul

29 Out 2021

A relação da fotografia com o tempo e as emoções

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

emocoespositivas foto fotografia gestante gravidez memórias mundoazul newborn recem nascido registre

Quem viu também curtiu

11 de Abr de 2018

Orientações para o Ensaio Newborn

23 de Ago de 2017

Selo Foto Bonita é Foto Segura

18 de Ago de 2017

Carta para o Papai e a mamãe